Internet, expandindo conhecimento musical

Já não é mais novidade que a internet é hoje um dos principais meios de comunicação. Muito mais do que uma simples ferramenta, ela se tornou ao longo dos anos uma das maiores vitrines da indústria musical, segundo dados da matéria publicade pela Exame virtual (Aqui a matéria completa). A pesquisa feita pela BBC revelou quais são os países com maior volume de downloads ilegais via torrent. O Brasil está em quinto lugar, e a tendência é que esse dado cresça ainda mais. Em contra partida, mesmo com tantos downloads ilegais, as gravadoras lucraram mais com a venda legal de arquivos digitais em 2011. Contando também com o caso dos próprios artistas, que lançam os links baixarem as suas músicas na internet, utilizando a ferramenta ao seu favor, e aproveitando o fácil acesso através da rede.

Essa notícia exemplifica o aproveitamento de rede por todas as partes, seja do cantor ou dos fãs. Com o uso constante da internet acabou se criando uma linguagem própria dos usúarios, que se propagou de tal forma, que se tornou globalizada.

A rapidez com que a informação ganha espaço nas redes sociais e nos blogs (páginas criadas por usuários de conteúdo livre), por exemplo, é outro fator que causou a aceleração do crescimento deste meio. A comunicação virtual permite que o usuário obtenha informações com uma rapidez nunca imaginada antes, além da “linguagem” criada por esses usuários, que é extremamente coloquial, e nada mais é do que mais uma prova da globalização: a criação de uma linguagem universal.

A linguagem da internet é interativa e persuasiva apresentando uma facilidade na relação dos conteúdos pela intertextualidade, que consiste na criação de um texto a partir de outro já existente. Na internet a intertextualidade é feita através do link, que é um dispositivo de vínculo de dois textos. Ele remete tanto à propriedade constituinte de todo o texto como ao conjunto das relações implícitas e explícitas de outro, esses textos são identificados como hipertextos.

Abaixo um conceito de hipertexto do autor Ted Nelson:
“A palavra hipertexto tem sido em geral aceita para textos ramificados e responsivos, mas muito menos usada é a palavra correspondente “hipermídia”, que significa ramificações complexas e gráficos, filmes e sons responsivos – assim como texto. Em lugar dela usa-se o estranho termo “multimídia interativa”, quatro sílabas mais longa, e que não expressa a idéia de hipertexto estendido”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s