O Sentido real

É comum ouvirmos nas letras das músicas palavras no sentido conotativo/metafórico, justamente por apresentarem funções poéticas elas também podem trazer esse sentido para aumentar o campo de interpretações do receptor, além desse sentido, também existe o denotativo.

O sentido denotativo é um sentido construído através de expressões lexicais que veiculam traços objetivos da significação da palavra. Uma expressão denotativa busca diminuir o esforço da compreensão por parte de seu interpretante, apresentando o real significado, sem deixar margem para interpretações, e sem depender de análise alguma por parte do leitor. É a expressão objetiva da referência, segundo autores.

Segue abaixo trecho de uma das músicas da banda Nenhum de nós, Julho de 83, com exemplos de palavras no sentido denotativo:

Acho que era Julho de 83
Eu sempre esqueço do dia
Mas lembro do mês
A gente mal se conhecia
Nos vimos apenas uma vez

Já o sentido conotativo, também conhecido como metafórico (expressivo) é justamente o oposto do denotativo, pois é o sentido construído a partir de expressões lexicais que veiculam traços virtuais, subjetivos e não estáveis na significação, deixando o receptor livre para uma análise do sentido na palavra inserida no determinado contexto. É o chamado sentido figurado, que depende do discurso, sempre podendo dar lugar a novas interpretações. “A conotação é bem mais complexa do que o uso figurado de palavras, ela cumpre uma função expressiva por excelência no cotidiano das pessoas.

Abaixo um trecho da canção Dois rios, de Samuel Rosa, Lô Borges e Nando Reis. Atenção para a caracterização do sol: Ele foi empregado conotativamente.

O sol é o pé e a mão
O sol é a mãe e o pai
Dissolve a escuridão

O sol se põe se vai
E após se pôr
O sol renasce no Japão

Que os braços sentem
E os olhos veem
Que os lábios sejam
Dois rios inteiros
Sem direção

Que os braços sentem
E os olhos veem
Que os lábios beijam
Dois rios inteiros
Sem direção

A expressão “dois rios inteiros” também foi empregada conotativamente e compõe um dos elementos básicos para a interpretação da letra.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s